Diogo Pacheco Amorim

Diogo Pacheco Amorim

Diogo Pacheco de Amorim (n. Lisboa 1949) é licenciado em Filosofia pela Universidade de Coimbra e trabalhou como jornalista para O Diabo e O Primeiro de Janeiro. Pelos seus ideais conservadores foi perseguido pelo saneamento do regime revolucionário do 25 de Abril, tendo colaborado com os exilados portugueses em Madrid e mais tarde com o partido MIRN. Acabando por integrar o CDS, foi assessor do Vice-Primeiro Ministro do VI governo constitucional e mais tarde Chefe de Gabinete do Grupo Parlamentar do CDS. Co-fundou o PND mas é na fundação do partido CHEGA que se destaca como um dos seus ideólogos, ascendendo a deputado e Vice-Presidente da Assembleia da República.